Norma DIN: o que é e para que serve?

Notícias

Norma DIN: o que é e para que serve?
Norma DIN: o que é e para que serve?


Norma DIN: o que é e para que serve?



A norma DIN, muito presente no dia a dia das indústrias, é utilizada para padronizar o processo de fixação de parafusos, de porcas e  de arruelas. Ela também é utilizada em outros materiais para fabricação de equipamentos e de produtos. São muitos os exemplos de produtos fabricados sob a norma DIN: ferramentas, automóveis, máquinas pesadas, brinquedos, capacetes e muitos outros.


Sinônimo de segurança e de padronização internacionais, a norma DIN tem sua origem do outro lado do Atlântico: na Alemanha, no ano de 1918. Comparativamente, podemos dizer que a norma DIN equivale às normas brasileiras da ABNT. Estas, quando não contam com uma normatização específica, adotam a norma DIN como modelo!


Você sabe a história da padronização alemã e a importância dos critérios de qualidade no cenário industrial global? Acompanhe nosso artigo e entenda tudo sobre a norma DIN!


O que é norma DIN?



DIN é a abreviação de “Deutsches Institut für Normung”, Instituto Alemão para Normatização. Organização alemã sem fins lucrativos, ela representa a Organização Internacional para Padronização (ISO) no Brasil.


O instituto fornece serviços de padronização há mais de um século. A fundação da DIN se iniciou como sendo um comitê de normas da indústria alemã (NADI), em dezembro de 1917. Foi precedida pelo Comitê de Padrões para a engenharia mecânica alemã, e no mesmo ano de sua fundação já contava com o primeiro trabalho de unificação de pinos cônicos. Na mesma época, padronizações para diâmetros internos, cunhas e desenhos técnicos também começaram a ser desenvolvidos.


Com o passar dos anos, a norma DIN se tornou referência mundial em padronização e segurança. A elaboração das normas conta com mais de 32.000 profissionais da indústria, da pesquisa e também do governo. Assim, é possível promover em conjunto o desenvolvimento das normas, bem como sua disseminação, para assim assegurar qualidade e segurança para a sociedade e os mercados.


Quais são os benefícios da norma DIN?



Assim como as demais normas internacionais, o uso da norma DIN desempenha um papel fundamental no setor industrial: padronizar.


Os padrões técnicos da norma DIN garantem um alto padrão de qualidade na fabricação de produtos e de equipamentos, proporcionando segurança durante todo o processo e impactando diretamente na segurança do consumidor final.


Outro benefício da norma DIN é a redução de recalls de automóveis, assim como problemas com produtos alimentícios, acidentes domésticos, dentre outros. Além disso, a norma DIN também é essencial para:


  • Gera economia, pois diminui a crescente variedade de produtos e procedimentos, reduzindo desperdícios; 
  • Facilita a comunicação e melhora o relacionamento entre todos os envolvidos, oferecendo meios confiáveis e eficientes na troca de informações entre o fabricante e o cliente;
  • Elimina barreiras técnicas e comerciais e facilita o intercâmbio comercial.


5 normas DIN para tubos de aço


DIN 2440



O DIN 2440 é similar à norma brasileira NBR 5580. Os tubos DIN 2440 são recomendados para usos comuns na condução de fluidos não-corrosivos.


Estes tubos são fornecidos nas classes L (Leve), M (Médio) e P (Pesado), com ou sem solda longitudinal por alta frequência, e também com ou sem revestimento de zinco.


Todos os tubos de aço carbono fornecidos na norma DIN 2440 devem ser submetidos ao ensaio de pressão hidrostática, a uma pressão de 5 MPa durante um tempo mínimo de 5 segundos.


DIN 2391


As aplicações dos tubos de aço DIN 2391 são determinadas pelas suas características de elevada precisão dimensional existentes nos diâmetros externo e interno. Sua superfície é lisa devido ao processo de trefilação ao qual são submetidos. São recomendados para uso em situações que demandam precisão, baixa espessura e  condições específicas de superfície e de propriedades mecânicas.

DIN 2393



Os tubos de aço DIN 2393 são fornecidos nos graus A (sem exigências especiais ou certificados de inspeção), B (com exigências e testes específicos) e C (outros tipos de aço, com propriedades mecânicas ou estados de fornecimento não enquadrados nos graus anteriores). Também são utilizados em situações que demandam precisão, baixa espessura e condições específicas de superfície e de propriedades mecânicas.


DIN 2394



Os tubos de aço DIN 2394 possuem boa exatidão dimensional. São laminados direto de uma máquina formadora. São tubos com costura, fornecidos na seção circular, com tolerâncias dimensionais restritas. Eles são amplamente utilizados na indústria de auto-peças, indústria moveleira, indústria de bicicletas, dentre outras.


DIN 2458



Os tubos de aço DIN 2458 são fornecidos na seção circular, laminados direto de uma máquina formadora. São tubos com costura, com a rebarba interna removida. Eles são utilizados em evaporadores, aquecedores, condutores de gases e de superaquecedores. Os tubos DIN 2458 são fornecidos em aço SAE 1008/1012.


É muito importante que o consumidor dê preferência a empresas reconhecidas no segmento de distribuição de tubos em aço carbono, que respeitem as normas para as mais diversas aplicações.


Na Tubonasa, empresa pioneira no segmento, você encontra tubos de aço com a norma DIN para o seu projeto. Acesse e confira!









TOP