Home // Notícias // O que são tubulações industriais e quais são suas aplicações?

 

Notícias

Acompanhe as últimas notícias
da nossa empresa

Tubulações industriais: O que são e qual sua importância?



O que são tubulações industriais e quais são suas aplicações?



As tubulações industriais são um conjunto de tubos, de válvulas e de conexões voltado para o processo industrial, especialmente na distribuição de gases, óleos, vapores, lubrificantes e líquidos industriais em geral. Os tubos mais utilizados são constituídos de materiais ferrosos, como o tubo de aço carbono.


As tubulações industriais são amplamente utilizada em indústrias de processamento, químicas, petroquímicas, refinarias de petróleo, alimentícias e farmacêuticas para transportar fluidos de uma bomba para o reservatório. Dividida em dois tipos, este conjunto de acessórios e tubos desempenha um papel essencial no dia a dia das indústrias.


Com o avanço da tecnologia, houve um aprimoramento na fabricação das tubulações industriais. Isso resultou no aumento do potencial técnico das estruturas, principalmente em operações que necessitam do transporte de fluidos líquidos e gasosos.


Saiba quais são os tipos de tubulação industrial, quais são suas vantagens e diferenciais aqui nesse post!


Tipos de tubulações industriais



Existem dois tipos de tubulações industriais. A primeira se refere às tubulações que ficam no interior das instalações industriais, como tubulações de processo, de utilidades, de instrumentação e de transmissão hidráulica e de drenagem.


Por outro lado, o segundo tipo diz respeito às tubulações instaladas na parte exterior das instalações industriais, como tubulações de transporte de drenagem e de distribuição e coleta.


A importância do tubo de aço carbono nas tubulações industriais



O tubo de aço é tão importante que representa cerca de 90% das tubulações industriais, as quais utilizam tubos e conexões para realizar o transporte de água, óleos, gases, substâncias químicas e misturas com partículas em suspensão.


Atualmente, é possível encontrar uma ampla gama de materiais que conta com características técnicas específicas e para as mais variadas aplicações. O aço carbono oferece diversas vantagens, além de total versatilidade.


Tubos de aço com ou sem costura?



Os tubos encontrados nas tubulações industriais são divididos em duas categorias: com costura e sem costura. Os tubos de aço com costura são os mais populares do mercado em função de seu custo/benefício. Eles são feitos a partir de uma chapa de metal. Por outro lado, os sem costura dependem de cilindros que são aquecidos e ficam ocos para serem perfurados depois.


Além disso, o tipo sem costura não passa por qualquer tipo de soldagem. Por esse motivo, favorece a condução de outros materiais que funcionam através de pressão.


Este modelo garante total utilidade em projetos de tubulações industriais que demandam precisão e confiança, como na aplicação de óleo ou de vapor pressurizados para gerar grandes esforços, como é o caso de elementos como pistões hidráulicos e caldeiras.


Cada categoria passa por diferentes processos de fabricação:


Tubos sem costura: Laminação, extrusão e fundição



Os tubos sem costura são usados em diferentes metragens, como componentes de transmissão em aplicações como oleodutos e ferramentas de perfuração que não passam por processo de soldagem. O processo de fabricação pode ser realizado de três maneiras: Laminação, Extrusão e Fundição.


A laminação é voltada para tubos grandes diâmetros. O tubo é formado quando o material é “empurrado” por cilindros que rotacionam.


Na extrusão, a peça é “empurrada” contra uma matriz conformadora. Ela é mais empregada para tubos com pequenos diâmetros.


Os processos de fundição são processos onde o material é despejado em moldes, onde ele se solidifica adquirindo o formato do molde.


Tubos com costura: longitudinal e espiral



Os tubos com costura são fabricados por processo de soldagem, que pode ser realizado de dois modos: longitudinal e espiral. O processo longitudinal é o mais utilizado, e é feito ao longo de uma geratriz do tubo.


Na solda em espiral, a matéria-prima é uma bobina para todos os diâmetros, desde tubos pequenos a tubulações de  grande porte.


Quais são as vantagens dos tubos de aço carbono para as tubulações industriais?


  • Fácil de soldar;
  • Aplicação diversificada;
  • Representa 90% das tubulações industriais;
  • Fácil conformidade;
  • Alta qualidade mecânica.



Vale ressaltar que, somente a aplicação de recursos de alta qualidade e dentro das normas exigidas não é o suficiente. É indispensável que os tubos, conexões e demais dispositivos também sejam instalados de forma adequada. Assim, é possível assegurar a instalação eficiente das tubulações industriais, de fácil manutenção e sob medida para atender a diversas frentes.


Dê preferência a empresas confiáveis e com tradição do segmento. A Tubonasa é referência no mercado e fabrica tubos de aço de alta qualidade e que podem ser usados nas tubulações industriais. No site você encontra tubo galvanizado, tubo Schedule e muito mais, confira o catálogo de tubos!


Agora que você sabe quais são as diferenças entre os tubos de aço com e sem costura e como ambos são essenciais nas tubulações industriais, será mais fácil escolher o produto ideal para seu projeto de médio ou grande porte!










COMPARTILHE



NOTÍCIAS RELACIONADAS


Grades de Metalon

Com excelente custo/benefício, as grades de metalon são estruturas versáteis e aplicáveis a diversos setores. Confira nesse post tudo sobre essas estruturas!

Leia mais

Tubos de aço espaço urbano

Leia mais

Decisão dos EUA sobre tubos de aço atinge europeias

Autoridades comerciais dos Estados Unidos decidiram não impor tarifas sobre as importações da Coreia do Sul Tubos de aço: fabricantes sul-corea

Leia mais
news

inscreva-se em nossa

newsletter

Fique por dentro de nossas novidades